Saxofone alto

Mais informações

Descrição

Instrumento feito de metal formado pelos seguintes segmentos: boquilha, tudel e corpo. O corpo é cônico, curvo e se expande na extremidade inferior formando uma campana em forma de sino. O tudel é dobrada em ângulo reto para oferecer uma posição de execução confortável. O instrumento é tocado com uma única palheta batente, esta se encaixa na boquilha que por sua vez se encaixa no tudel. Para que a boquilha tenha um encaixe completamente vedado, a ponta do tudel é envolta com uma folha fina de cortiça. O saxofone é um instrumento transpositor, este exemplar é afinado em Mi bemol. A extensão do saxofone alto vai do réb3 até o sib3.

Para saber mais

O saxofone foi inventado por volta de 1840 pelo francês Adolphe Sax. Sax já era um construtor experiente antes da invenção do saxofone, tinha trabalhado na criação e refinamento de vários instrumentos. O próprio saxofone surgiu após modificações que ele havia realizado no oficleide, outro aerofone de metal com chaves. O primeiro saxofone, denominado saxophone basse em cuivre (saxofone baixo feito de latão) foi apresentado na segunda Exibição Industrial de Bruxelas em agosto de 1841. Esse primeiro instrumento foi bem aceito e, entusiasmado com o sucesso, Sax criou uma família de saxofones e patenteou quatorze instrumentos em 1846. Em 1850 estabeleceu-se a família com seis instrumentos que são utilizados até os dias de hoje: sopranino, soprano, tenor, alto, barítono e contrabaixo. O saxofone foi rapidamente assimilado pelas bandas militares, exercendo o papel de elo sonoro entre os clarinetes e os metais tenores, posteriormente também foi adotado por compositores orquestrais como Bizet, Meyerbeer, Massenet, Debussy, Ravel, Villa-Lobos, Richard Strauss e mais recentemente por compositores como Harrison Birtwistle , Mark-Anthony Turnage e John Adams. No final do século XIX John Philip Souza introduziu o instrumento nas bandas norte-americanas e com o surgimento do jazz o sax passou a ser o instrumento por excelência do gênero, especialmente os saxofones alto e tenor. No Brasil, logo no início do século XX o instrumento passou a ser utilizado no Choro e a integrar orquestras de música popular.

Dados gerais [classificação e nomes adicionais]

422.212 Clarinetes individuais com tubo cônico

Sax alto (Fonte: SADIE, 1994)

Dados do exemplar [este item em específico]

mvim_dc_ae_0068

1912

,

C= 65cm L= 34 A(campana)= 12 cm

Inscrição de origem na campana:"Evette & Schaeffer Ance Mon Buffet Crampon & Cie 18&20 Passage du Gde Cerf Paris 20986". Inscrição de origem na capa da boquilha e na própria boquilha: "Buffet Crampon & Cie A Paris". Inscrição posterior na campana: "Instituto Nacional de Música Rio de Janeiro"

Não determinada

MIDC/EM/UFRJ Aerofones 422.2 I2 Prat.25

Bibliografia

ALMEIDA, 1994.
BERKLEY, 2009.
BETHENCOURT; BORDAS; CANO; CARVAJAL; SOUZA; DIAS; LUENGO; PALACIUS; PIQUER, ROCHA, RODRIGUEZ; RUBIALES; RUIZ, 2012.
BRANDÃO, 2013.
DOURADO, 2004.
ROLLA, 1974.
SADIE, 1994.
SOARES, 1990.
MIMO, 2014.