Saxhorn

Mais informações

Descrição

Instrumento feito de metal com tubo largo e afilado. Possui três válvulas e bocal em forma de taça. O instrumento é afinado em Mi bemol. O exemplar do museu não possui bocal.

Para saber mais

A família de instrumentos denominados de saxhorns foi desenvolvida por Adolphe Sax entre 1842 e 1845, mesmo inventor dos saxofones. Existe uma confusão acerca da denominação “saxhorn”, já que Sax usou-o apenas uma vez. Acredita-se que o nome do instrumento foi dado por Henry Distin, instrumentista que fazia parte do principal quinteto de metais britânico da época. Distin mantinha uma franquia dos instrumentos de Sax nas décadas de 1840 e 1850, quando a perdeu continuou vendendo instrumentos muito similares ao saxhorn – flugelhorn, eufônio e tuba – o que aumentou a dificuldade de identificação dos instrumentos da família do saxhorn. Existem muito instrumentos na família do saxhorn, do sopranino ao contrabaixo os instrumentos alternam-se nas tonalidades de si bemol e mi bemol. Os mais graves possuem tubo mais largo, mas em geral os instrumentos possuem tubo dobrado que lembra o do trompete, o bocal projeta-se em ângulo reto e o som, assim como em todos os instrumentos da família dos metais, é produzido por meio da vibração dos lábios do executante no bocal. O exemplar do museu ainda está em fase de identificação, mas acredita-se que se trata de um saxhorn sopranino.

Dados gerais [classificação e nomes adicionais]

423.232 Trompas com válvulas

Dados do exemplar [este item em específico]

67

Não determinada

C=40cm L1=23cm L2=19cm A=17cm

Inscrição de origem na campana: "SY STLME PROTOTY PE F. BESSON BREVETÉ S.C.D.G. 96 RUE D' ANGOULEME PARIS". Inscrição de origem nos pistões: "7", "8 F BESSON Bte S.C.D.G 4700[5]", "9". Inscrição de origem: desenho de uma coroa (marca do fabricante). Inscrição posterior: "Instituto Nacional de Música".

Não determinada

MIDC/EM/UFRJ I 7 Prat.28

Bibliografia

ALMEIDA, 1994.
BERKLEY, 2009.
BETHENCOURT; BORDAS; CANO; CARVAJAL; SOUZA; DIAS; LUENGO; PALACIUS; PIQUER, ROCHA, RODRIGUEZ; RUBIALES; RUIZ, 2012.
BRANDÃO, 2013.
MIMO, 2014.
ROLLA, 1974.
SADIE, 1994.
SOARES, 1990.

Notas

No acervo do Museu Delgado de Carvalho (MDC) consta apenas um sax-horn (registro local 039/2013), apesar de em um dos inventários do MDC (BRANDÃO, 2013) constarem dois instrumentos desse tipo (BRANDÂO, 2013, n. 102 pag. 98 e n. 126 pag. 101) sendo que nesse mesmo inventário o registro local é igual para ambos (registro local 039/2013), levando a crer que se trata do mesmo instrumento.