Clarinete alto

Mais informações

Descrição

Instrumento feito de madeira granadilha, cilíndrico, e com cinco partes: boquilha, tudel, articulação superior, articulação inferior, campana. É afinada em Mi bemol. O clarinete alto, assim como os demais membros da família dos clarinetes, é um aerofone de palheta simples e esta é encaixada na boquilha. Para tocar o instrumentista apoia a palheta no lábio inferior (que está dobrado sobre os dentes), e posiciona os dentes superiores na parte superior da boquilha, em seguida produz a corrente de ar. O exemplar do museu não possui tudel.

Para saber mais

O clarinete alto faz parte da família dos clarinetes, normalmente é afinada na tonalidade de Mi bemol e seu dedilhado é similar ao da clarineta soprano. O instrumento tem uma sonoridade brilhante e cheia que possibilita que seus sons se misturem bem com os dos demais instrumentos. O clarinete alto foi utilizado pela primeira vez no início do século XIX em bandas militares na França e na Alemanha com afinação na tonalidade de Fá, e posteriormente com afinação em Mi. A utilização do instrumento nunca se estabeleceu na orquestra, mas atualmente o clarinete alto é bastante utilizado nas bandas de concertos americanas.

Dados gerais [classificação e nomes adicionais]

422.211.2 Clarinetes individuais com tubo cilíndrico, com orifícios

Clarineta alto (BASE MINERVA, 2015)

Dados do exemplar [este item em específico]

mvim_ae_co_0044

Não determinada

,

C= 83cm L= 15cm A (campana)= 10,2

Inscrição de origem: "LEFÊVRE A. PARIS". Inscrição posterior: Instituto Nacional de Música Rio de Janeiro.

Não determinada

MIDC/EM/UFRJ Aerofones 422.2 I2 Prat.24

Bibliografia

ALMEIDA, 1994.
BETHENCOURT; BORDAS; CANO; CARVAJAL; SOUZA; DIAS; LUENGO; PALACIUS; PIQUER, ROCHA, RODRIGUEZ; RUBIALES; RUIZ, 2012.
BERKLEY, 2009.
BRANDÃO, 2013.
GROVE MUSIC ONLINE, 2014.
MIMO, 2014.
ROLLA, 1974.
SOARES, 1990.
YOUTUBE, 2014.