Baz

Mais informações

Descrição

Pequeno tambor egípcio. O fuste é cônico e feito de bronze, a membrana é feita de pele, esta é presa por meio de parafusos de metal que fazem parte do corpo do instrumento. Na extremidade inferior do instrumento existe um pequeno apêndice quadrado também feito de bronze. Os sons produzidos pelo instrumento possuem altura indeterminada. Normalmente o instrumento é tocado percutindo-se a membrana com baquetas de madeira. O exemplar do Museu não possui baquetas.

Para saber mais

Pequeno tambor egípcio, de bronze, que os daroeses (religiosos maometanos) tocam com baquetas de madeira.
Texto escrito pelo professor de percussão da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Pedro Sá.

Dados gerais [classificação e nomes adicionais]

211.11 Tímbales individuais

Dados do exemplar [este item em específico]

mvim_dc_me_0079

Não determinada

,

D=16cm A=13cm

Inscrição posterior: etiqueta no fuste praticamente ilegível, sendo possível ler "BAZ"

Doação de João Baptista da Motta e Rodolfo Bernadelli

MIDC/EM/UFRJ 211.1 I1 Prat. 3

Bibliografia

ALMEIDA, 1994.
BETHENCOURT; BORDAS; CANO; CARVAJAL; SOUZA; DIAS; LUENGO; PALACIUS; PIQUER, ROCHA, RODRIGUEZ; RUBIALES; RUIZ, 2012.
BRAGA, 1973.
BRANDÂO, 2013.
CARVALHO, 1905.
MIGUEZ, 1890-1895.
ROLLA, 1974.
PEDRO SÁ, 2014.
SOARES, 1990.

Notas

Provavelmente a etiqueta que agora está ilegível refere-se ao número e nome do instrumento como consta no catálogo de 1905. O LIVRO DE INVENTÁRIO DE 1890-1895 indica incorretamente como nomes adicionais do instrumento os termos tabla e monsaber.